Mãos à Obra é um grupo de voluntários da Missão Pompeia que todas as segundas-feiras prepara e distribui alimentos para 420/430 Pessoas de Rua. Estas Pessoas são de diferentes Estados do Brasil e também de outros países. Mãos à obra nasceu há 19 anos com um grupo de Emaús que se reunia semanalmente nas casas. Ao ir para reunião, a responsável pela espiritualidade viu mendigos, ficou comovida e partilhou na possibilidade de fazer algo para tais Pessoas.  Uma das participantes sugeriu de preparar sanduiches para aqueles dois ou três mendigos pelos quais havia passado. Assim tudo começou.

Na semana seguinte mais mendigos, mais sanduiches. Com o aumento dos moradores de rua, resolveram mudar para uma comida mais substancial, arroz, feijão, carne, etc. Com o passar do tempo, mais voluntários se juntaram ao grupo e mais comidas foram feitas, chegando ao número de 100 caixinhas por semana no ano de 2002.

Com o incêndio da vila dos papeleiros no ano de 2004, este número dobrou, se fazia 100 pratos para os moradores de rua e 100 pratos para a vila. Com o aumento da população de rua, o trabalho do grupo Mãos à Obra aumentava. Em 2010 Mãos à Obra foi acolhido pela Missão Pompeia. Desde então se reúnem todas as segundas-feiras ás 17:00 horas para preparar os alimentos e, logo em seguida, vão distribui-los no início da Voluntários da Pátria, na Praça da Matriz, na Igreja Sta. Teresinha, na rua São José do Patrocínio da Cidade Baixa, no viaduto da Igreja da Conceição, e no Mercado Público.  

Mãos à Obra é um grupo de voluntários fascinantes pela paixão que têm por servir os moradores de rua. O grupo esperar contar com doações de alimentos e também está aberto a novos voluntários que gostariam dedicar algumas horas por semana e fazer uma experiência única e enriquecedora. Você doador/a e Você Voluntário/a faz possível Mãos à Obra. 

Suzana da Rosa Harzheim